sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Passado, presente e futuro!

Escutar coisas ruins sobre o corpo de Cristo é muito triste.
Mas o Senhor permite para que possamos rever como estamos cuidando da noiva de Cristo.
Quem foram os nossos exemplos? Como começaram? Como viveram? Foram santos? Como criaram os seus filhos? Como se vestiam? Como olhavam o casamento? Como começavam os seus relacionamentos?...
Nesses dias o Senhor tem me levado a lembrar de como começou a nossa congreção, homens e mulheres simples, com palavras simples, decididos a viver radicalmente pelo e para o evangelho de Cristo.
Aonde será que estamos errando? O que devemos fazer para que tudo aquilo que estamos recebendo não se perca? Como eu sendo tão fraca, falha, pecadora, infiel... posso ajudar?
É irmãos, o Senhor nos chama ao arrependimento,a santificação, colocar o nosso joelho no chão, confessar os nossos pecados, voltarmos para a palavra, oração, jejum, vida de unidade, esperar o nosso amado(a) no tempo de Deus, não aceitarmos o segundo casamento, disciplinar os nossos filho, amarmos os perdidos,
Precisamos voltar ao primeiro amor, como em Apocalipse 2:1-29
"Ao anjo da igreja em Éfeso escreva: Estas são as palavras daquele que tem as sete estrelas em sua mão direita e anda entre os sete candelabros de ouro.
Conheço as suas obras, o seu trabalho árduo e a sua perseverança. Sei que você não pode tolerar homens maus, que pôs à prova os que dizem ser apóstolos mas não são, e descobriu que eles eram impostores.
Você tem perseverado e suportado sofrimentos por causa do meu nome, e não tem desfalecido.
Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor.
Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do lugar dele." Ap2:1-5

Deus é fiel para fazer infinitamente mais eu creio!

Cristo in Rock,


“Certa vez, Ele tocou uma música que repercutiu como nunca no palco do mundo inteiro, e conquistou o coração de Deus. Momentos antes, Ele havia conduzido com dificuldade Sua pesada guitarra de madeira, em formato de cruz, até o alto de uma rocha chamada Calvário. Talvez tenha sido por isso que Ele se tornou conhecido como Cristo in Rock, ou Cristo do Calvário, ou Cristo do Rock in Rio.

Ele dominava tão bem a Sua arte que era capaz de tocar Sua guitarra simplesmente deitando-se sobre ela. E foi o que Ele fez. Para que o mundo inteiro pudesse vê-lo e ouvi-lo, os cenógrafos do Calvário o cravaram sobre Sua guitarra e o ergueram. O mundo jamais viu ou ouviu guitarrista igual. Sua palheta eram pregos. A letra da música que Ele cantou era composta de sete palavras: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem (Lucas 23:34). Após tocar o melhor solo de guitarra de toda a sua vida, Ele encerrou a Sua carreira dizendo: Está consumado (João 19:30). Reclinando a cabeça para o lado, fechou os olhos e expirou.

Extasiado com o que ouvira, e talvez querendo levar o guitarrista a tocar outra vez, um daqueles cenógrafos do Calvário aproximou-se de Cristo in Rock e golpeou o seu coração com uma lança. Um rio de sangue começou a escorrer do Seu peito. Cristo in Rock tornara-se agora Cristo do Rock in Rio; Cristo inundando a rocha do seu coração com o rio do Seu amor.

A música que Cristo in Rock tocou para o mundo tem um nome: Reconciliação com Deus. Ele dedicou essa música a mim e a você. Ouça-a, e tire o melhor proveito de sua letra para sua vida”. E completa no verso:

“Não Perca a Atração Principal. A música é o maior instrumento para reunir pessoas em favor de um propósito, seja por uma causa social ou somente diversão. Uma atitude louvável, porém de alegria momentânea. Por isso, queremos convidar você a conhecer alguém que pode ser a atração principal da sua vida. Ele não precisa de holofotes para ser visto em meio à escuridão, porque é a própria luz. E, em pouco tempo, estará diante de uma multidão maior do que a deste festival, onde milhões de pessoas, numa só voz, numa direção, estarão cantando e alegrando-se eternamente. Talvez esta seja a sua única oportunidade de estar perto daquele que realmente pode tornar seus sonhos em realidade e intervir em prol de um mundo melhor. Entregue sua vida a JESUS agora mesmo e não pare de sonhar, de amar e de viver”.

http://br.rockinrio.yahoo.com/artigos/religiao-versus-rock-no-rio-de-janeiro-539

Marcha para Jesus!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

A ti - Cristiano Soares da Luz


Senhor eu quero estar no teu lado,
E viver para ti, honrar a ti e ti louvar.
Eu quero ti servir Senhor Jesus.
Na tua presença eu tenho paz.
Oh Senhor Jesus,
Senhor meu que me criou.

O Senhor me salvou.
O Senhor me ajudou.
Eu quero me separar para ti.
Eu vou viver para ti.
Entrego a minha vida para ti.

Senhor para quando voltar
Eu direi Glória a ti.
Senhor ressuscitou,
Foi exaltado,
O Senhor voltará
Oh tenho meu amor por ti.
Eu aguardo o Senhor que voltará com fé.

Escrito por Cristiano Soares da Luz, um menino precioso e cheio de Jesus que foi ganho no morro da Glória para Glória de Jesus.
A alguns meses ele chegou para mim falando que tinha feito um louvor para o Senhor, e com toda simplicidade de uma criança foi lindo ouvir ele cantando e exaltando ao Senhor.

Deus é fiel!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Trabalhadores - Daniel Souza (Letra) - @arteeadoracao

Rei Meu - Glauber Carvalho

Por esses outeiros, outrora passou um Rei
Com olhar cansado, pés empoeirados…
Não sei se eles sabem, como agora eu sei,
Que por esses outeiros outrora passou um Rei.

Andar humilde, falar tão doce,
Porto seguro, acontecesse o que fosse.
Não sei se além dele, se vê ou se viu
Um Rei que deu tudo e a todos serviu.


Procurei este Rei num palácio enorme
Mas lá só encontrei ânsias de morte…
Meu Rei estava a andar era por ruas de barro!
A todos servindo, sendo em tudo humilhado.

Não sei se eles sabem como agora eu sei,
Que por esses outeiros, outrora passou um Rei.
Num jumentinho montado, cada vez mais se reduz
Até que por nós, vai morrer numa cruz…

Não julguem por certo, por justo ou legal,
Mas um dia esta terra provou sangue Real…
Seus braços cansados, mãos e pés furados
Eram só esperança… Na Morte de Cruz…

Porém da morte, ele se libertou!
E muitos com ele ainda levou!
Pois a Justiça, a ele, justiça se fez!
E sobre tudo, o tornou Rei dos reis!

Agora, pois, saibam! Como também eu sei!
Que por esses outeiros, outrora passou um Rei!

Pela manhã - Sergio de Avillez
http://www.pelamanha.com/post/10684372503/rei-meu

domingo, 25 de setembro de 2011

Blog 3 anos eee

"Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino,
mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino." 1 Coríntios 13:11

Deus é fiel!

sábado, 24 de setembro de 2011

A menina que chorava

Hihihi parafraseando Pati Geiger,

A menina que chorava sempre derramava lágrimas, ela não podia mas mesmo assim derramava.
Ela não era forte. E todos esperavam que ela fosse.
Diante de algum problema, todos viam chorando.
Mas com o passar dos anos, ela começou a enfrentar a situação com muita naturalidade se tornou mais forte.
Muitos engolem o choro, mas deixam escapar mas ela chorava sim, porque não chorar?
A menina que chorava era alegre, decidida, esperta. Todos a procuravam para resolver seus problemas. Todos sabiam que podia contar com ela. Afinal, ela sempre estava ali para ajudar.
Ela não podia chorar mas mesmo assim chorava, porque os outros choravam, e porque não charar junto?
E os outros esperavam que ela de fato, não chorasse, porque ela deveria consolar os que choram. mas o Senhor ensinou a chorar com os que choram.
A menina que chorava era forte. Ela precisava ser. Todos esperavam que ela fosse. Porque ela sabia que a âncora para os dias difícies, as palavras certas para a hora errada, o refúgio no meio da tempestade era somente dada por um.
Aquele que ensinou ela a não chorar sempre, mas no colo do seu melhor amigo JESUS.
A menina que chorava, não chorava... na frente dos outros.
O que ninguém sabia, é que toda noite antes de dormir, sozinha em seu quarto, ela chorava.
Chorava por ela e pelos outros.
A menina que chorava, chorava.
Mas aprendeu a sorrir e sorrir sempre, até quando dá vontade de chorar.

EEEEEEE.-

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Por que amo a primavera.

FLORES DESABROCHAM EM SILENCIO

O brilho ascende da terra
A luz passeia na pétala
O gesto acorda a ternura
Os sons envolvem murmúrios
A mão procura o ombro amigo
A alquimia do belo acontece

O sorriso desperta na face
O impossível surge do nada
A estrada se abre nas trevas
O instante divino se faz
As asas do anjo se abrem

As rosas, os lírios os cravos
Orquídeas, violetas , jasmim
Perfumes, espinhos , pétalas , orvalho
Orquestram a vida carmim

Flores, porque te amo
Nem sempre suportei teu espinho
Pétalas desfolhei sem razão
Não te protegi do vento
Do sol, tempestade , agressão
Não te reguei de amor
Nem tampouco te nutri de orvalho
Te deixei murchar impunemente
Colhi teu néctar, pólen perfume
Mas me esqueci de proteger-te.

Conheci flores naturais, flores de plástico
Em vasos , silvestres e canteiros
De vidro , de pedra , de pano
Crepom , crochê e outras mais
Flores daninhas , carnívoras e fugazes.

Amei toda elas
Cada uma por razão diferente
E outras tantas
Sem razão aparente

Conheci arranjos, buquês, ikebanas
Comprei algumas
Roubei outras
Mas desejei todas.

Na crueldade de meu amor egoísta
Cortei as mais belas
Para adornar nossa casa
As vi morrer como se declina o sol no horizonte.

Descobri na fotografia
Um colher sem matar
Um possuir sem roubar
Sem comprar
Sem arrancar a beleza que te condena
De compartilhar
A efêmera beleza de um instante.

Colhi teu néctar, pólen, perfume
Tentei te proteger
Te dar sombra , água fresca orvalho
Moldura, papel coisa assim.

Queria aprender contigo
A florir no brejo
Dançar com o vento
Perfumar caminhos
Apreciar cada pétala
Desenhada pelo Criador

Abrigo dos pássaros , Inspiração dos poetas
Néctar das abelhas , Pólen da vida.
Cada flor esconde um anjo
Em suas pétalas, folhagens, espinhos
Carinho de Deus , Anúncio do fruto
Nascer de um sorriso , Brotar de uma lagrima
Reminiscências do paraíso

Por estas e outras razoes
Ofereço ao criador das infinitas belezas
Que povoam a terra.
As mais belas flores por Ele mesmo criadas.

Antônio Cançado de Araújo
Lyon 27 /10 / 2009

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A menina que não chorava

A menina que não chorava não derramava uma lágrima sequer, ela não podia.
Ela era forte. E todos esperavam que ela fosse.
Diante de algum problema, ninguém a via chorando, pelo contrário, ela enfrentava a situação com muita naturalidade. Muitos engolem o choro, mas deixam escapar. Ela aprendeu a engolir o choro e jamais deixar escapar.
A menina que não chorava era alegre, decidida, esperta. Todos a procuravam para resolver seus problemas. Todos sabiam que podia contar com ela. Afinal, ela sempre estava ali para ajudar.
Ela não podia chorar, porque os outros choravam. E os outros esperavam que ela de fato, não chorasse, porque ela deveria consolar os que choram.
A menina que não chorava era forte. Ela precisava ser. Todos esperavam que ela fosse. Que ela seria a âncora para os dias difícies, que ela teria as palavras certas para a hora errada, que ela seria um refúgio no meio da tempestade.
A menina que não chorava, não chorava... na frente dos outros.
O que ninguém sabia, é que toda noite antes de dormir, sozinha em seu quarto, ela chorava.
Chorava por ela e pelos outros.
A menina que não chorava, chorava.


Escrito por Pati Geiger em 28/08/10
http://ideiasnoforno.blogspot.com/2010/08/menina-que-nao-chorava.html

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Aos Seus Amados, Deus Dá Enquanto Dormem Asaph Borba

Eu clamo a ti oh meu Senhor e Deus
O Deus da minha provisão
Desde a minha mocidade
Posso dizer de verdade
Jamais eu vi o justo mendigar o pão

Eu clamo a ti oh meu Senhor e Deus
O Deus que nada me deixa faltar
E se hoje minha medida
É recalcada e sacudida
Eu sei que ainda há de transbordar

Pois meu Senhor prepara uma mesa
Com abundância de vinho e pão
O Deus que em Sua glória e riqueza
Pra tudo e para todos tem a provisão

Jeová Jireh é quem manda o orvalho
A chuva serôdia e a temporã
Me faz repousar em plena paz
Pois manda o maná a cada manhã

Aos seus amados
Deus dá enquanto dormem
Aos seus amados
Deus dá enquanto dormem!

Fionas do Rei por Patrícia Geiger .



Ah não! ahahahaahh.
Na minha busca por preciosidades, olha o que encontrei hihihihi. Faço das palavras de Pati Geiger as minhas hahahahaha. Deus é fiel!

"Sempre ouvi que eu sou uma princesa.

Mas obviamente, estava longe de ser uma.

Tenho conciência de quem sou. Eu não tenho cabelão, olho claro... Eu não vivo maquiada. De vez em quando, sim. Mas o tempo todo não. Eu não vivo na academia. Eu detesto batom. E detesto salto alto.
E fora tudo isso, eu ainda sou desastrada.
Não sei ser delicada, meiga. Não sei ser patricinha.
Se tudo isso é ser princesa, eu definitivamente estou longe de ser uma!

Sempre me achei uma verdadeira Fiona.
E a mídia sempre me disse que sou uma ogra. Pois não me pareço em nada com modelos de revistas ou com as atrizes lindas. Não me pareço em nada com o que o mundo considera "bonito". Não sigo as dietas malucas encontradas em revistas.

Não tenho cintura tamanho 32.
Mas tenho um coração tamanho gigante. Não sei amar alguém pelo corpo que a pessoa tem, pela sua beleza exterior ou pelo seu status. Só sei amar alguém, pelo seu coração.

Até o dia que o meu Criador me falou:(...para mim tbm, alguns anos atrás e fala para vc tbm, creia nisso!)

"Você tem razão! Você não é uma princesa. Pelo menos não do jeito que o mundo quer que você seja! Mas você é a MINHA princesa. Não qualquer uma, mas você é princesa porque é filha do Rei do universo. Não importa o que os outros digam ou o que você mesma diga. A sua beleza não é aquela que as pessoas enxergam, mas a sua beleza está em seu coração. Sabe aquela passagem da mulher virtuosa, minha filha? Eu escrevi para você! Eu escrevi pensando em você. Você é assim, porque EU criei você!

E o príncipe encantado? Ah, ele não existe!
O verdadeiro Príncipe foi o mais amoroso de todos: deu a Sua vida por mim."

"A formosura é uma ilusão, e a beleza acaba, mas a mulher que teme ao Deus Eterno será elogiada." Pv 31:30

Escrito por Pati Geiger em 27/03/2011
( Com alguns cortes.)
Blog benção:
http://ideiasnoforno.blogspot.com

domingo, 18 de setembro de 2011

Definição da Palavra
A simples fé implica uma disposição de alma para confiar noutra pessoa. Difere de credulidade, porque aquilo em que a fé tem confiança é verdadeiro de fato, e, ainda que muitas vezes transcenda a nossa razão, não lhe é contrário. A credulidade, porém, alimenta-se de coisas imaginárias, e é cultivada pela simples imaginação. A fé difere da crença porque é uma confiança do coração e não apenas uma aquiescência intelectual. A fé religiosa é uma confiança tão forte em determinada pessoa ou princípio estabelecido, que produz influência na atividade mental e espiritual dos homens, devendo, normalmente, dirigir a sua vida. A fé é uma atitude, e deve ser um impulso.
A fé cristã é uma completa confiança em Cristo, pela qual se realiza a união com o Seu Espírito, havendo a vontade de viver a vida que Ele aprovaria. Não é uma aceitação cega e desarrazoada, mas um sentimento baseado nos fatos da Sua vida, da Sua obra, do Seu Poder e da Sua Palavra. A revelação é necessariamente uma antecipação da fé. A fé é descrita como "uma simples mas profunda confiança Naquele que de tal modo falou e viveu na luz, que instintivamente os Seus verdadeiros adoradores obedecem à Sua vontade, estando mesmo às escuras". A mais simples definição de fé é uma confiança que nasce do coração.

A fé é como o passarinho que sente a claridade e canta enquanto o dia ainda está escuro.

Hebreus 11:1
"Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos."

*** PRECISO DE FÉ! ***

Perseverança - Por Everton Tonin 17/09/11


Deus não quer obstinação e sim perseverança.

Obstinação: Ação de se prender com tenacidade a alguma coisa; teimosia. (Sin.: pertinácia, teima, persistência, constância, contumácia, firmeza.) (CARNAL)

Perseverança: Característica daquele que não desiste e que continua lutando frente às dificuldades; lutador; (ESPIRITUAL)

Atos 2:42-47
"E perseveravam na doutrina dos apóstolos, na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo a necessidade de cada um. Perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que iam sendo salvos”

Lucas 8:15
A que caiu na boa terra são os que, tendo ouvido de bom e reto coração, retêm a palavra; estes frutificam com perseverança.

Lucas 21:14-19
Assentai, pois, em vosso coração de não vos preocupardes com o que haveis de responder;
porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir, nem contradizer todos quantos se vos opuserem.
E sereis entregues até por vossos pais, irmãos, parentes e amigos; e matarão alguns dentre vós.
De todos sereis odiados por causa do meu nome.
Contudo, não se perderá um só fio de cabelo da vossa cabeça.
É na vossa perseverança que ganhareis a vossa alma.

Hebreus 10:36
Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.

2 Timóteo 3:10
Tu, porém, tens seguido, de perto, o meu ensino, procedimento, propósito, fé, longanimidade, amor, perseverança,

1 Timóteo 6:11
Tu, porém, ó homem de Deus, foge destas coisas; antes, segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão.

Efésios 6:10-18
Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo;
porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.
Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça.
Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz;
embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno.
Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos

sábado, 17 de setembro de 2011

Mulher virtuosa!

"Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de finas jóias.
O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de ganho.
Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida.
Busca lã e linho e de bom grado trabalha com as mãos.
É como o navio mercante: de longe traz o seu pão.
É ainda noite, e já se levanta, e dá mantimento à sua casa e a tarefa às suas servas.
Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com as rendas do seu trabalho.
Cinge os lombos de força e fortalece os braços.
Ela percebe que o seu ganho é bom; a sua lâmpada não se apaga de noite.
Estende as mãos ao fuso, mãos que pegam na roca.
Abre a mão ao aflito; e ainda a estende ao necessitado.
No tocante à sua casa, não teme a neve, pois todos andam vestidos de lã escarlate.
Faz para si cobertas, veste-se de linho fino e de púrpura.
Seu marido é estimado entre os juízes, quando se assenta com os anciãos da terra.
Ela faz roupas de linho fino, e vende-as, e dá cintas aos mercadores.
A força e a dignidade são os seus vestidos, e, quanto ao dia de amanhã, não tem preocupações.
Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua.
Atende ao bom andamento da sua casa e não come o pão da preguiça.
Levantam-se seus filhos e lhe chamam ditosa; seu marido a louva, dizendo:
Muitas mulheres procedem virtuosamente, mas tu a todas sobrepujas.
Enganosa é a graça, e vã, a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa será louvada.
Dai-lhe do fruto das suas mãos, e de público a louvarão as suas obras."
Pv 31:10-31

Cooperadores de Cristo!

"E nós, na qualidade de cooperadores com ele, também vos exortamos a que não recebais em vão a graça de Deus
(porque ele diz: Eu te ouvi no tempo da oportunidade e te socorri no dia da salvação; eis, agora, o tempo sobremodo oportuno, eis, agora, o dia da salvação);
não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o ministério não seja censurado.

Pelo contrário, em tudo recomendando-nos a nós mesmos como ministros de Deus: na muita paciência, nas aflições, nas privações, nas angústias,
nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns,  
na pureza, no saber, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido,
na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas;
por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama, como enganadores e sendo verdadeiros;
como desconhecidos e, entretanto, bem conhecidos; como se estivéssemos morrendo e, contudo, eis que vivemos; como castigados, porém não mortos;
entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo." 1 CO 6:1-10

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

CHOREM ( FERNANDINHO)



“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra” (2 Cr 7.14).


Bah! Nesses dias o Senhor tem falado muito e de muitas maneiras sobre arrependimento, quebrantamento, prostrar-se diante de Jesus.
O Senhor busca uma igreja cada vez mais parecida com Ele.
Uma igreja adornada, limpa, santa, sem defeito... como escutei a pouco, assim como a noiva no dia do seu casamento se arruma para esperar o noivo. Assim deve ser a igreja nos santificarmos todos os dias como se fosse o último, cuidando das nossas vestes para esperar o nosso amado noivo Jesus.
Sejamos gratos por tudo o que o Senhor tem feito mas nunca esquecendo que somos vasos de barro e que a única coisa boa que temos é Ele.
Deus é fiel!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Nome sobre todo o nome: JESUS



"Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte, e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e ele passou a ensiná-los, dizendo:
Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós."

Mateus 5:1-12

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

“A mulher que Deus curte 2 – memórias”


A mulher que ama a Deus será louvada (Pv 31.30)

“Eu fui criança e não tive Blackberry, Iphone,Wii, Play3, DSI,mto menos 
Xbox.Eu brincava de queimada, taco, roba bandeira, andava de bicicleta, só ia para casa quando escurecia. Minha mãe não me ligava no celular,só gritava: PRA DENTRO! brincava c/amigos, descalço, na areia, no barro, e não usava sabonete antibacteriano.
Na escola me apelidavam de tudo e eu descontava e apelidava também,e ninguém sofria de “bullying”. Que infância boa! Curta e cole no seu mural se vc já tomou água da mangueira e sobreviveu…”
Li esta mensagem em uma rede social e resolvi escrever um pouco inspirado por ela. Como se fosse uma “memória”
Tenho pensado muito para onde vamos com as novas gerações e novas tendências da sociedade, da mídia, dos usos e costumes, da vida, enfim… Me identifiquei com essa mensagem escrita acima. Nem conheço quem escreveu, mas achei incrível as emoções e ” costumes” colocados ali. Não devo nem quero dizer o nome da pessoa, mas lhes afirmo que é uma mulher contando de suas experiências …
“Fui criança!” Você conseguiu ser criança, minha querida irmã, adolescente, jovem ou já mais ” madura” ( segundo a sociedade, “apressada”!) Você brincou de boneca?
“Mas Gerson, este post deve ser espiritual!!!” diria alguém. ” Exatamente!” diria eu!. Por exemplo: muito se especula sobre a infância de Jesus…Vi outro dia, um livro em uma prateleira que garantia que tinha as noções e revelações mais incríveis sobre a infância de Jesus…Pensei: “o que será que escreveram aí, hein?” Que Jesus pegou nas mãos um passarinho morto, o abençoou, e ele voltou a respirar! Que os amigos de Jesus se juntaram em volta dele e disseram: ” Meu, você é o cara! Como você fez isso???!
Imagino que Jesus foi menino mesmo…e você? E já que hoje estamos falando de mulheres, e você maninha? Como acha que foi a infância de Maria, mãe de Jesus, por exemplo? Pelas contas, a anunciação de Gabriel para ela deve ter acontecido quando era adolescente, partindo para a mocidade…Será que Maria brincou de boneca?
Se você hoje ficar sem seu Iphone você se sentirá “meio” perdida??? Você precisa estar sempre maquiada para se sentir bem? Você precisa se sentir aceita no meio em que está, para sentir firmeza em si mesma? Seu pais brigam, ou brigaram muito…e, por vezes, na sua frente? Você se acha muito feia? Muito magra? Muito gorda? Muito rica? Muito pobre? Sózinha?
“Ninguém me ama, niniguém me queeerrrr”??? Você acha que as pessoa não te entendem? Você fica na dúvida , as vezes, quando te perguntam: “Você é crente? Você vai na igreja toda semana???”
Você subia em árvores junto com os meninos? Você andava descalça? Você foi apelidada de algo e quase…”morreu” por isso??? Sentiu-se ameaçada?
Conheci uma garota ( há anos atrás)…ela frequentava a igreja de um amigo que morava em outra cidade, por estudar na faculdade de lá. Sim, achei ela muito bonita! Olhos amendoados, cor de mel, cabelos negros, um sorriso calmo, gestos dóceis…ela era timida, mas passava muita tranquilidade. Como toda garota assim, tinha muito ” urubu” atrás dela. Ah! Ela frequentava uma igreja denominacional. Fiquei ligadaço nela…”Mas, meninas como ela haveriam outras em Sampa”, pensei…acho que não preciso viajar para estar com ela e ver se “rola” alguma coisa. Posso tentar algo onde moro para não complicar minha vida..rsrs
Naqueles anos, havia um mover grande de busca do Espirito Santo. As igrejas estavam vivendo um mover do que hoje talvez chamaríamos – avivamento, ou algo assim…Cristãos das igrejas históricas e denominacionais estavam a procura de mais, de algo mais de Deus! Muitas das comunidades que se conhecem hoje se iniciaram naquela época.
Eu era um daqueles que procurava mais de Deus. Nasci em lar cristão, mas não estava satisfeito com o que tinha de Jesus! Queria mais, mais loucura de Deus! Mais intimidade, mais proximidade…Naqueles dias parecia que a Palavra estava ” viva” todas as vezes que a abria para ler um versiculo! Deus falando ” de montão’!
E a garota??? Bem, algo incrível que presenciei me fez entender que ela era bonita como muitas outras, era cristã, MAS tinha um diferencial…Percebí que ela amava Jesus! Como? Fácil! Antes mesmo de qualquer coisa, digo, antes mesmo de tentar algo para me aproximar dela, comecei a participar de reuniões de busca do Espirito Santo onde ela estava presente. Quando ela orava, com aquela voz leve, meiga, mas verdadeira, parecia que Deus enchia o lugar…que garota! Que oração cara! Ela era tão sincera em pedir para Jesus vir e estar conosco na reunião que ficava fácil orar…rs. Eu sentia, ao mesmo tempo, amor por Jesus e uma estranha curiosidade por ela, por sua atitude, por suas orações…eu via a sua fé em pedir, a sua simplicidade em crer, sem malicia, sem ” performance”, mas muito vivo e real! Depois vi ela orando por outros ( ficava até meio no ciúme, sabe como é…rs), mas pensava: “Ela é de Deus, não é minha!” Até que chegássemos a namorar conversamos muito, oramos muito e, a certeza que tive de ser ela, veio pelas orações que fazíamos juntos...
Bem, trinta anos se passaram e ela ainda é minha garota…neste ano comemoramos trinta anos de casamento, sem perfeições, com discussões, mas com Deus pra caramba! Muito choro juntos, muita vitória e milagre juntos ! A mulher que ama a Deus será louvada ( pelo namorado, pelo esposo, pelos amigos, pela familia, pelos pais, pelos irmãos…e ai vai!

Minha querida maninha, ame a Jesus sobre todas as coisas. Como homem te digo: Ele vai te curtir muito!…e mais: muita gente vai te curtir…inclusive ele, aquele que Ele tem pra você.

Sucesso na sua relação com Jesus…e o mais será acrescentado!

@gersonortega
http://naomordamaca.com/2011/09/03/a-mulher-que-deus-curte-2-memorias/
Escrito por Gerson Ortega em sábado, 3 setembro 2011.

sábado, 3 de setembro de 2011

1 Coríntios 1:26-31- Jesus te ama!

"Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento;
pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes;
e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são;
a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus.
Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção,
para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor."

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

A igreja - Pati Geiger

A igreja está lotada nessa noite. Mais um domingo normal, na vida de qualquer membro daquela igreja. O culto começa pontualmente. Ela, que por acaso passava por ali, ouvia uma música tão linda, tão suave, tão confortadora, que parecia ser um coral de anjos chamando-a. Na letra da canção, ela podia ouvir claramente que alguém nesse mundo a amava, que Ele se encontrava naquele lugar, que Ele podia limpá-la. Seu coração pulou ao ouvir a palavra “amor”. Na verdade, fazia muito tempo que ela não sabia o que era isso. Amor, ela só lembra de ter sentido quando era criança, quando seus pais ainda estavam juntos. Mas não lembra de sentir amor, quando se largou nas esquinas dessa vida.
Ela, entra naquele local, procurando uma cadeira vazia, bem no fundo, de preferência. Sabe que está atrasada. Ninguém dá as boas vindas para ela, tudo bem. Avista uma cadeira vazia do outro lado do salão. Timidamente e na ponta dos pés, caminha até lá. Ela não sabe ao certo o que está fazendo ali, mas ela sabe que esse é seu lugar. Enquanto dirige-se à cadeira vazia, reflete sobre sua vida e suas decisões. Sabe que tem tido uma vida errada, mas ela quer mudar. O que mais a machuca, não são as marcas em seu corpo e em sua alma. O que mais a machuca são os olhares julgadores daquelas pessoas ali.

Quando finalmente chega ao lugar vazio, uma garota imediatamente coloca a sua bolsa na cadeira e diz que o lugar está ocupado. Ela dá um sorriso e responde: tudo bem. Quando ela sai, consegue ouvir a garota dizendo à amiga ao lado: quem é essa garota? Você viu…

E ela prefere não ouvir mais nada. Ela sabe muito bem quem ela é, não precisa que os outros lhe falem. Sem lugar para sentar, ela resolve ficar de pé, na porta, ao lado de fora mesmo, para que não fiquem olhando para ela.

Sabe que não está com a roupa adequada para a ocasião. Mas consegue ver meninas com roupas quase iguais às suas. Ela pensa que talvez, não esteja tão errada assim. Sabe que o lugar que ela estava ontem, não tem o mesmo cheiro que tem essa igreja. Mas ela está ali. Ansiosa para conhecer Aquele que falaram que a ama. Quem será que é Ele? Como Ele é?. Espero que alguém, logo me apresente para esse Alguém.

Mas o tempo vai passando. Ela olha no relógio grande, colocado na parede. Até agora, ela ouviu as pessoas cantando músicas, que falam sobre esse Homem, ou músicas que falam sobre Deus.

Deus. Essa palavra não me é estranha. Pensou. Sei que estou em uma igreja. Já ouvi que essa é a casa de Deus. Lembro-me de mamãe, ajoelhada ao lado da minha cama orando a Deus, pedindo que Ele me protegesse. Ela sempre me falou que Ele me amava muito. Acho que ela estava errada, pois Deus não poderia amar alguém como eu, com uma vida suja, uma vida errada.

Mergulhada em seus pensamentos, nem entendia o que aquela cara lá no púlpito falava. Ela tinha uma sede dentro de si, uma sede que ela não sabia o que era, não sabia do que. Mas com o passar daqueles minutos, essa angústia e esse vazio dentro de si só aumentavam. Desesperada, com os olhos cheios de lágrima, estava disposta a colocar um fim naquela angústia. Se alguém não lhe apresentasse logo, o tal Homem que cura, que liberta, que a ama, ela iria embora.

Término do culto. Mesmo ela ali, parada na porta, chorando, parecia invisível aos outros. As pessoas desviavam o olhar. Do outro lado do salão, uma jovem a observava e sentia uma enorme vontade de abraçar aquela pobre criatura, mal vestida e com frio. Afinal, a pregação da noite tinha sido sobre amar ao próximo como a ti mesmo. Quando deu um passo em direção à moça parada na porta, sua mãe a puxou pelo braço, dizendo que não se misturasse, que aquela moça, não valia a pena. Não perca seu tempo com ela, vamos embora.

A nossa personagem vai embora sem conhecer Aquele que havia morrido por ela, Aquele que a amava e queria estar com ela. Ela não O conheceu, porque ninguém foi capaz de apresentá-Lo a ela. Ela nem ao menos sabia se Ele se encontrava ali ou não.

Com tanta dor em seu coração, tantas cicatrizes, tantas lágrimas, tristezas, não sabemos se a nossa personagem saiu dali naquela noite e foi procurar o amor em algum lugar errado, em alguma bebida, em alguma droga, em algum homem. Não sabemos se ela continua a sua busca por Aquele que ela ouviu que a amava ou se ela não tirou a própria vida naquela madrugada. Não sabemos.

Mas deveríamos ter lhe apresentado o seu Libertador. Afinal:
Jesus pagou um preço muito alto
Para nós selecionarmos e escolhermos quem pode vir
E somos o corpo de Cristo

“Mas se somos o corpo
Por que Seus braços não estão alcançando?
Por que Suas mãos não estão curando?
Por que Suas palavras não estão ensinando?
E se somos o corpo
Por quê Seus pés não estão indo?
Por quê Seu amor não está mostrando-lhes que há um caminho?
Há um caminho”

Baseado na música If we are the body (Se somos o corpo) de Casting Crowns. Leia a tradução aqui.
História baseada em fatos reais na história de alguém que talvez você já viu dentro da sua igreja.
Com amor
Pati Geiger
Extraído: http://naomordamaca.com/2011/08/30/a-igreja/