segunda-feira, 24 de setembro de 2012

O Tempo


O tempo nos traz muitas coisas e, leva muitas também.
Por vezes, ele nos traz alegria e leva a tristeza.
Às vezes, ele nos traz o choro e leva o riso.
O tempo leva a semente e traz o fruto.
Outras vezes, ele traz o trabalho e leva o descanso.
Depois, volta a trazer o descanso e leva o cansaço.
Às vezes, ele nos traz sonhos…
O tempo traz longas esperas, mas também traz realizações.
Às vezes, ele nos traz dores e leva a tranqüilidade.
Outras vezes, ele traz a gargalhada e nos faz esquecer a dor.
Pra tudo, tem um tempo determinado debaixo do céu…
Há tempo de colher as frutas e tempo de ver as folhas caírem.
Tempo de seca
Tempo de chuva
Tempo de sol
Tempo de frio
Tempo de calor
Tempo de distância
E tempo para o abraço
Tempo, tempo, tempo…
Quantas histórias tu guarda?
Quantas histórias tu nos conta de uma humanidade que perde tanto tempo?
Quais são os teus segredos?
Quem dos sábios soube realmente aproveitar o seu tempo?
Oh, Deus! Tu és o dono do tempo, ao homem puseste limite, tens os seus dias determinados, contigo está o número dos seus meses.
No teu livro foram escritos todos os nossos dias, quando nem um deles havia ainda. Tu nos cerca, por trás e por diante, e sobre nós pões a tua mão. Tal conhecimento é maravilhoso demais…
Ensina-nos, Senhor, a contar os nossos dias para que alcancemos um coração sábio…
Ajude-nos a perceber a fragilidade da vida, como fizestes com o Rei Davi, e nos dá a graça de remir o tempo que destes aos nossos dias…
Tempo, qual é o teu segredo?
Talvez, seja fazer-nos saber que o tempo nada é diante do Senhor do tempo, em todos os tempos…
Pois na presença dEle temos garantida delícias perpetuamente.

Texto e fotos por Ana Quéisa - http://www.pelamanha.com/post/32198761626/o-tempo

Nenhum comentário: