quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Olhe para Jesus - Kathleen Hardaway

... Quando baseamos nossa existência em ilusões, facilmente caímos no erro de perder tempo, desejando um estilo de vida que só existe em filmes.
No dia 10 de abril de 1912, na Inglaterra, uma multidão se dirigia até o cais para ver zarpar o maior e mais luxuoso, transatlântico já construído até então. o Titanic.
Em 1997, o filme baseadona história dele foi um tremendo sucesso de bilheteria, chegando a ganhar onze Oscars da Academia, inclusive o de melhor filme. Essa verdadeira "bomba" do cinema foi, na época, o filme mais caro já produzido até aquele ano. Seus produtores investiram duzentos milhões de dólares em sua realização. O que existe de tão interessante nessa história qual nos atrai dessa maneira?
Já imaginamos como seria estar lá naquele porto, na cidade de Southampton , no momento em que o capitão daquele enorme navio e a ordem para ligarem os motores? A tripulação e os passageiros só pensavam em sair daquele cais chegar à cidade de Nova Iorque, em tempo recorde. A maioria dos passageiros ilustres do Titanic era americana. Entre eles estavam os milionários J.J.Astoir, um dos homens mais ricos da época, e Benjamin Guggenheim (famoso banqueiro a época ).Será que também não estaríamos lá, olhando aqueles passageiros com inveja, desejando embarcar naquele magnífico transatlântico? Eles estavam subindo para o navio vestidos com suas roupas mais elegantes, com uma grande expectativa quanto ao que os aguardava nos próximos dias.
Então nossa imaginação passa a trabalhar a mil por hora e começamos a comparar nossa vida com a daqueles que, aparentemente, possuem tudo isso. E antes que percebamos, estamos reclamando da vida sem graça que levamos e nos perguntando por que não podemos participar de um cruzeiro tão maravilhoso!
Subitamente, porém, uma grande tragédia se abateu sobre eles. Algo totalmente inacreditável e inesperado aconteceu, deixando o mundo inteiro chocado.
Você já aparou para pensar que aqueles que decidiram ser os primeiros a viajar no Titanic jamais imaginaram que ele poderia afundar? Tenho certeza de que os que gostariam de estar naquela viagem maravilhosa, mas não estavam, depois deram graças a Deus por isso. Ah! como seria bom se confiássemos plenamente em nosso Pai celeste! Como seria maravilhoso se crêssemos de todo o coração que ele sabe o que nos espera e o que é melhor para nós! É óbvio quem nem sempre é fácil enxergar o benefício que teremos com a dor e o sofrimento causados por decepções. Entretanto a palavra de Deus diz:

"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR,
porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos."
Isaías 55.8,9

Extraído do livro: Enquanto o príncipe não vem - Kathleen Hardaway

Nenhum comentário: