quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Série: Frutos do Espírito - BENIGNIDADE ("cherstótes")

"Gentileza, bondade. Excelência de caráter, honestidade. Contrario de inflexível e amargo, antes gentil e manso. Aquele que encoraja outros a buscarem sua companhia. O discípulo que expressa o fluir do Espírito santo é gracioso e gentil para com os seus semelhantes, não se mostrando inflexível ou exigente. Doçura de temperamento, sobretudo com os inferiores, predispondo-nos a uma atitude afável e cortes, que nos deixa facilmente abordáveis quando alguém nos magoa." (Mathew Henry)

Nosso Salvador Jesus Cristo foi uma pessoa imensamente gentil conforme nos relatam os evangelhos. Acerca de Pedro ficou registrado que ele chorava sempre que se lembrava da suave gentileza de Cristo em seus contatos diários com as pessoas (Marcos 10:16).

"Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?" Romanos 2:4

"Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só." Romanos 3:12

"Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado" Romanos 11:22

"Na pureza, na ciência, na longanimidade, na benignidade, no Espírito Santo, no amor não fingido," 2 Coríntios 6:6

"Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus." Efésios 2:7

"Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;" Colossenses 3:12

"Mas quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens,"
Tito 3:4

Fonte:
Fazei discípulos - O Espirito Santo
Igreja em Porto Alegre

Nenhum comentário: