segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Abro mão - Toque no Altar (Restitui)

Hebreus 13:5,6


“Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque Ele tem dito:
De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.
Assim, afirmemos confiantemente:
O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?"

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Não quero um deus que funcione!

hahahah agora mais do que nunca essas palavras são as minhas.
Deus é fiel em todo o tempo!

Já decidi.
Não quero um deus que funcione segundo minhas expectativas. Não quero um deus que funcione de acordo com minhas orações. Não quero um deus que funcione de acordo com a minha noção de justiça.
Não quero um deus que funcione a partir das minhas chantagens religiosas e minha birra espiritual. Não quero um deus que funcione na solução dos meus problemas, para me arranjar um emprego, para curar meu filho, para me ajudar a realizar meus sonhos.
Não quero um deus que funcione toda vez que me coloco para cultuá-lo e ouvir Sua palavra. Não quero um deus que funcione à base da manivela da minha prática religiosa e de minha limitada piedade. Não quero um deus que funcione para aliviar minha mente estressada e meu coração carregado dos cuidados deste mundo. Não quero um deus que seja à minha imagem e semelhança.
Rejeito este relacionamento utilitário com Deus.
De olhar para Ele como uma máquina de abençoar pessoas. Como essas máquinas de refrigerante que a gente encontra nas lojas de conveniência. Uma máquina que, para funcionar, precisa das moedas da oração, da leitura da bíblia, do jejum, da participação regular nas atividades da igreja, do exercício constante e rígido para manter a santidade e não pecar, e assim por diante.
Não quero um deus conveniente.
Rejeito esse evangelho que diz que Deus irá me abençoar apenas quando eu fizer determinadas coisas corretamente. Que irá amar-me mais se eu tiver determinadas atitudes. Que irá escolher-me para coisas importantes se meu coração estiver perfeito em sua presença.
Não quero um deus que funcione a partir de mim mesmo.Esse não é o deus verdadeiro, mas sim o resultado frágil do meu próprio egoísmo. Que lá no fundo busca um deus que lhe sirva para todos os fins.
Não, não quero um deus para funcionar.
Hoje eu quero um Deus para me relacionar, para conhecer na intimidade, para reconhecer Sua soberania e submeter-me aos Seus propósitos. Quero um Deus para adorar, para amar, para me entregar, ainda que em minha vida as coisas não funcionem como eu gostaria.
Quero um Deus para crer e manter-me fiel, ainda que isso implique em permanecer enfermo, desempregado, ou viver outras circunstâncias contrárias. Não estou procurando funcionalidade, mas relacionamento. Talvez o mesmo relacionamento do filho pródigo com seu pai (Lc 15). Um relacionamento baseado na graça e no amor do Pai, o qual, em todo o tempo, manteve aberta a porta do abraço e do beijo.
Quero ter com Deus o relacionamento de Arão, cujo privilégio foi ouvir do próprio Deus:
“Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles nenhuma porção terás,: eu sou a tua porção e a tua herança no meio dos filhos de Israel.” (Números 18:20).
Já decidi: esse será o grande alvo da minha vida!

Luiz Henrique Solano Rossi, pastor da Igreja Presbiteriana “Cristo é Vida” de Bridgeport, Connecticut, Estados Unidos.


By Pela manhã – Sergio Avillez

terça-feira, 25 de outubro de 2011

LIVRO: CHAMADOS PARA A SANTIDADE - RUTH PAXSON


CHAMADOS PARA A SANTIDADE
Copyright @ 1936 MOODY PRESS CHICAGO
RUTH PAXSON

Li no convite que saiu desta Convenção1: “A nota dominante das
mensagens será uma chamada à vida de santidade” – “Sedes santos, porque Eu
sou santo”. Você quer ser santo? Possivelmente alguns de nós aqui são
derrotados; queremos ser vitoriosos. Somos escravizados; queremos ser
libertados. Estamos espiritualmente cansados; queremos o descanso. Estamos
desencorajados; queremos a paz. Somos tristes; queremos a alegria. Mas temos
nós um sentimento da completa impureza da nossa vida, para que o grito mais
profundo do nosso coração seja por santidade?
Vamos ser honestos. Devemos ter vindo a Keswick para algo. Devemos ter
vindo porque temos uma consciência de alguma necessidade verdadeira. Mas o
que é que queremos? Queremos ser santos? É o que o DEUS quer para nós mais
do que qualquer outra coisa.

Ele quer que nós sejamos vitoriosos, sejamos libertos, sejamos
descansados, sejamos alegres, e Ele fez a provisão para cada uma destas bênçãos
para nós no Senhor JESUS CRISTO. Mas acima de todo o resto neste mundo, Ele
quer que nós sejamos santos. Como tomamos parte neste desejo de nosso
Senhor?
A palavra gêmea da santidade na Sagrada Escritura é esta palavra
preciosa santificação. Vamos ouvir o que o DEUS diz quanto à Sua vontade e à
sua chamada para nós.
“Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa
santificação”. (1 Ts 4:3)

1 A Convenção de Keswick é uma reunião anual de cristãos evangélicos em Keswick, no condado inglês de Cumbria.
A Convenção de Keswick começou em 1875 como um catalisador e ponto focal do movimento emergente da Vida Mais Alta
no Reino Unido. Foi fundada pelo Anglicano T. D. Harford-Battersby e o Quaker Robert Wilson. A primeira Convenção de
Keswick teve mais de quatrocentas pessoas na assistência. Elas se encontraram sob o estandarte de “Todos Unidos em
Cristo Jesus" que é ainda o lema da Convenção.
Entre os primeiros líderes principais da Convenção de Keswick estavam os anglicanos J. W. Webb-Peploe, Evan Henry
Hopkins, William Haslam, W. Feno M. H. Aitken, e Handley Moule, bem como o batista Frederick Brotherton Meyer.
Outro pregador freqüente nos primeiros anos foi Hudson Taylor, fundador da Missão Interior da China. Amy Carmichael
ouviu Taylor falar lá e decidiu dedicar sua vida ao trabalho de missionário.
John George Govan, que foi em frente para fundar a Missão de Fé na Escócia, também foi influenciado pela Convenção.
Foi Stephen Olford que apresentou a Billy Graham a mensagem Keswick em uma Convenção Keswick em 1946 durante um
período de dias de estudo da Bíblia e oração em uma sala de hotel. Este ensino deu a Billy Graham a garantia do poder de
Deus em sua vida, do qual Billy disse em sua autobiografia: "Justamente Como Eu Sou", veio a ele como uma segunda
bênção, a qual fortaleceu a sua pregação desde então.

Aiiiiiii bahhh muitoo benção!

Caçadora de preciosidades.

http://editorarestauracao.com.br/arqs/CHAMADOS%20PARA%20A%20SANTIDADE.pdf

domingo, 23 de outubro de 2011

Escrita Pelo Dedo de Deus | Thalles Roberto | Minhas Canções


Só para fechar com chave de ouro esta semana, onde o Senhor falou bastante sobre rejeição... um precioso louvor.
Deus é fiel em todo o tempo!


sábado, 22 de outubro de 2011

Tens transformado meu pranto em festa!


http://www.blogger.com/img/blank.gif

"Tua luz rompeu minha noite trazendo a alegria,
Tua graça desceu como a chuva trouxe vida ao meu deserto,
Tens transformado,meu pranto em festa!
Tens transformado,minha tristeza em alegria!
Tua mão tem me erguido, a um alto lugar;
Teu louvor no meu coração me fez no vale a Ti cantar.
É assim que nós vencemos.
Somos mais que vencedores."

Tens Transformado David Quinlan
http://www.youtube.com/watch?v=VSwZtCuSkvw

JESUS: VINDE A MIM!

Sabe nesse dias lembrando muito sobre rejeição, vi este video e nele mostra bem o que devemos fazer.
Ir a Cristo, viver para Cristo, crer em Cristo...
Lançar os nossos fardos nas mãos do Senhor porque Ele tem cuidado de nós.1 Pe 5.7
Se vc não conhece esse Jesus que cura todas as coisas, pode crer sou exemplo disso, se Ele fez na minha ele é capaz de fazer na tua vida também.
Uma das artimanhas mais terriveis que satanas tem usado durante decadas.É trazer mentiras na igreja dizendo que não somos amados, falam tanto em amor e ninguem te ama... DIZEMOS A SATANAS CHEGA EM NOME DE JESUS!
"Se Cristo vos libertar, verdadeiramente sereis livres."
João 8:36 -
Jesus te ama !

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Rejeição - Um Curioso Denominador Comum

O famoso médico e conselheiro cristão, Paul Tournier, em seu livro
Creative Suffering,1 fez algumas observações interessantes sobre a privação
emocional. Paul relata o fato impressionante de que uma parcela
expressiva dos maiores líderes do mundo tinha algo em comum: todos
compartilharam a experiência de terem sido órfãos. E, para minha
surpresa, alguns desses grandes empreendedores foram vítimas de abuso e
outros, severamente maltratados. "Isso é confirmado em vários estudos
sobre grandes realizadores", escreve Tournier. "Daqueles que se tornaram
notáveis empreendedores, 75% sofreram sérias carências emocionais ou
dificuldades na infância. Pelo fato de se sentirem tão indignos
interiormente, esforçaram-se até a morte tentando obter algum valor. E,
como resultado disso, muitos deles se tornaram bem-sucedidos".
___________
1 Londres: SCM Press, 1992.

Um livro chamado The Hidden Price of Greatness1 relata as histórias
de muitos grandes homens e mulheres de Deus que foram usados por Ele
de forma poderosa no passado. Podemos aprender algumas verdades
grandiosas ao observar a vida desses indivíduos. O livro explica como uma
infância sofrida freqüentemente estabelece uma ponte para uma vida de
conflitos. Por exemplo, o pai de David Brained morreu quando dele tinha
apenas 8 anos. Sua mãe morreu quando ele tinha 14. E, muito embora ele
herdasse um patrimônio considerável, perdeu o amor e a afeição de seus
pais, que são tão essenciais para a felicidade e a segurança de uma
criança.
Brainerd, como muitas outras crianças órfãs e negligenciadas,
carregava um senso de culpa anormal, quase como se fosse o responsável
pela morte de seus pais. O autor relata que o Espírito Santo,
repetidamente, tentou tornar real para David Brainerd que sua suficiência
estava em Cristo. Aparentemente, ele obtinha alguma revelação e tentava
praticá-la por um tempo, mas voltava à mentalidade de "obras e
sofrimento" enquanto tentava atingir a perfeição interiormente.
Deus fez o mesmo tipo de trabalho em mim várias vezes, e a cada vez
minha reação era semelhante à atitude de David Brainerd. Durante meus
períodos de sofrimento, o Espírito Santo me revelava a graça e a
misericórdia de Deus e como minha perfeição somente poderia ser
encontrada em Cristo. Eu entrava no descanso de Deus e passava certo
tempo desfrutando essa vitória. Então, o diabo me atacava novamente, e
Deus me dava nova revelação, ainda mais profunda. Uma vez que o diabo
sabe que somos vulneráveis em certa área, ele nos atacará ali, vez após vez,
para ver se há alguma fraqueza remanescente da qual ele pode se
aproveitar.
_______________________

2 RAY, Beeson; HUNSICKER, Ranelda. The hidden price of greatness. Wheaton:
Tyndale Press, 1991.
Você sabe o que aconteceu a David Brainerd? O livro diz que, "por
volta de 1700, seu maior temor veio sobre si". Como missionário, embora
ele tivesse um ministério poderoso, ficou inválido, bastante doente para
poder pregar, ensinar ou orar e morreu aos 29 anos. O jovem tinha se
esgotado tentando servir a Deus por meio do perfeccionismo. Ele,
literalmente, desgastou-se a ponto de tornar-se fisicamente doente e
morrer simplesmente porque se sentia muito inseguro por causa da
rejeição.
Quantos "David Brainerd" existem no mundo de hoje que estão se
desgastando ao tentarem ser dignos de algo, ao escalar a escada do
sucesso? Temos disponível a única coisa de que verdadeiramente
precisamos: o amor de Jesus Cristo. De fato, Sua opinião a nosso respeito
é a única que realmente conta!
Quero que todos gostem de mim, mas descobri, muito tempo atrás,
que tentar fazer as pessoas gostarem de mim é uma tarefa árdua! E sabe o
que é mais interessante? Quando parei de me importar com o que os
outros pensavam a meu respeito, pude ver que não havia tantas pessoas
que realmente pensavam mal de mim. Percebi que o diabo colocava
pessoas que não gostavam de mim por perto na mesma proporção em que
eu me importava com isso! Quando desisti de me preocupar, tais pessoas
simplesmente desapareceram.

Livro: A raiz de rejeição - Joyce Meyer

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Rejeição!

Face - Samir Machado
"Das coisas ruins que já presenciei nesta vida, uma das coisas que mais avassaladoras e destruidoras na vida uma pessoa é a sensação de rejeição. Este sentimento acaba com a alegria e vigor de uma pessoa rapidamente. Não é em vão a ênfase que o Senhor Jesus dá em seus mandamentos para perdoar (do íntimo), não julgar, acolher, não ficar reparando no cisco do olho do próximo. Irmãos, cuidemos para não permitir tal atitude no meio do corpo de Cristo!..."


Um dos piores sentimentos... não se sentir aceito,amado,querido, não ser convidado, não ser lembrado, ser passado... poderia continuar chorando as pitangas hihihi.
Mas em Cristo sou amado, querido, aceito, lembrado, convidado... através do seu sangue na Cruz temos acesso ao trono da graça.
Quando compreendemos tão grande salvação todo sentimento de rejeição cai por terra. Jesus me ama, Jesus te ama o resto háaaa é só resto.

Os filhos de Deus podem ser rejeitados pelos seus amigos e família. A Bíblia diz em Marcos 6:4 “Então Jesus lhes dizia: Um profeta não fica sem honra senão na sua terra, entre os seus parentes, e na sua própria casa.” A Bíblia diz em Salmos 27:10 “Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá.”
Jesus sabe o que é a dor da rejeição. A Bíblia diz em Lucas 13:34 “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que a ti são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta a sua ninha debaixo das asas, e não quiseste!”
Jesus foi desprezado e rejeitado pelos homens - Ele sabe o que é. A Bíblia diz em Isaías 53:3 “Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimenta do nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.”http://www.blogger.com/img/blank.gif
Nós rejeitamos a Deus quando recusamos a Sua oferta de salvação. A Bíblia diz em Mateus 21:42 “Disse-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra que os edificadores rejeitaram, essa foi posta como pedra angular; pelo Senhor foi feito isso, e é maravilhoso aos nossos olhos?”
Qualquer pessoa que rejeita a Deus é um tolo. A Bíblia diz em Salmos 14:1 “Diz o néscio no seu coração: Não há Deus. Os homens têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras; não há quem faça o bem."

- O mais lindo quando somos curados pelo Senhor é sentir que Cristo nos ama.
Quero falar mais sobre isso aqui, o que mais tenho gostado de ser curada nesta area é que Cristo trocou meu lamento em festa.
Uma festa que não tem espaço para nenhum sentimento de inferioridade, rejeição ficar. É claro posso me sentir triste algumas vezes mas não passa de uma noite pq sei que pela manhã virá o sol de um novo dia.
Hoje vi uma cena que é bem o sentimento quando vejo o cuidado do Senhor na minha vida.

Livro A raiz de rejeição - Joice Meyer.
http://pt.scribd.com/doc/6446836/A-RAIZ-DE-REJEICAO-Joyce-Meyer

Este livro é muito precioso e fala sobre rejeição. Benção.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Vida e obra de Jesus


1)Jesus é eterno
"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Ele estava no princípio com Deus.
Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez." Jo 1:1-3

2)Tornou-se homem
"E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai." Jo 1:14

"Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus;
antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana,
a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz." Fl 2:5-8

3)Sua vida foi perfeita e irrepreensível
"o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca;" 1 Pe 2:22

4)Sua obra foi tremenda e grandiosa
"como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele;" At 10:38

5)Morreu pelos nossos pecados
"Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos" Is 53:5,6

"Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus." 2 Co 5:21

"Pois, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por vossa causa." Rm 5:8

6)Ressuscitou
"ao qual, porém, Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte; porquanto não era possível fosse ele retido por ela." At 2: 24

7)Foi exaltado
"Esteja absolutamente certa, pois, toda a casa de Israel de que a este Jesus, que vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo." At 2: 36

"Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome,
para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra,
e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai." Fl 2:9-11

8)Voltará
"Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória." Mt 24:30

Rei das Nações


Grandes são as Tuas obras,
Senhor todo poderoso;
Justos e verdadeiros são os Teu caminhos.

Ó, Rei das nações,
Quem não temerá?
Quem não glorificará Teu nome?
Ó Rei das nações,
Quem não te louvará?
Pois só teu nome é santo.

Todas as nações virão
E adorarão diante de Ti,
Pois os Teus atos de justiça se fizeram manifestos.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Igreja Morro da Glória!



Deus tem feito muito e creio que vai fazer infinitamente mais.
Vidas salvas para Jesus não tem preço!

" Um amor profundo por jesus sempre nos leva a uma profunda paixão pelos perdidos." Cristian Romo


Evangelismo no Germânia - 15/10/2011

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Marcha para Jesus POA - 2011



Muito preciosa a marcha, principalmente pq Deus faz sempre mais do que imaginamos. Noite inteira chovendo e em toda a marcha não caiu uma gota. Deus é fiel!
"Pelo senhor marchamos sim
O seu exército poderoso é
Sua glória será vista em toda a terra

Vamos cantar o canto da vitória
Glória a Deus vencemos a batalha
Toda arma contra nós perecerá

O nosso general é Cristo
Seguimos os seus passos
Nenhum inimigo nos resistirá (2 vezes)

Com o Messias marchamos sim
Em suas mãos a chave da vitória
Que nos leva a possuir a terra prometida

Pelo senhor marchamos sim
O Seu exército poderoso é
Sua glória será vista em toda a terra

Vamos cantar o canto da vitória
Glória a Deus vencemos a batalha
Toda arma contra nós perecerá

O nosso general é Cristo
Seguimos os seus passos
Nenhum inimigo nos resistirá"



Deus é fiel!

… antes, assalariaram contra eles Balaão para os amaldiçoar; mas o nosso Deus converteu a maldição em bênção.
Neemias 13.2

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Hoje é o dia das crianças.

NO REINO DE DEUS, COMO AS CRIANÇAS
(Mateus 18, 19 e 21)

1. Temos uma tarefa na igreja em relação às crianças, segundo o ensino de Jesus Cristo.
1.1. Precisamos, como igreja, receber as crianças (Mateus 19.13). Nunca rechaçá-las, sob qualquer pretexto. Elas são diferentes de nós, no interesse, na retenção, nos movimentos. Elas estão em formação: por isto, Jesus é tão duro contra quem lhes servir de tropeço, ao lembrar que uma marca (feita numa criança) vai ficar para sempre.
1.2. Precisamos, como igreja, colocá-las no colo (Marcos 9.36), cuidando delas.
1.3. Precisamos, como igreja, abençoar as crianças (Mateus 19.15 -- Jesus lhes impôs as mãos, como se tendo as mesmas necessidades espirituais do que as adultas). Como elas não dão retorno (na política, não votam; na igreja, "só dão trabalho e despesa"), Jesus nos pede para cuidarmos delas como se estivéssemos cuidando dEle (a quem amamos, servimos e adoramos).

2. Para entrarmos no Reino de Deus (isto é, sermos salvos), precisamos nos tornar crianças.
2.1. Precisamos nascer de novo como crianças recém-nascidas (a exemplo do que Jesus ensinou a Nicodemos -- João 3). Jesus toma o nascimento biológico como uma metáfora para indicar que, para entrarmos no Seu Reino, precisamos ser gerados outra vez. Nascer, na verdade, não é um verbo que nós conjugamos; na verdade, somos nascidos. É o Espírito Santo que nos nasce. Só precisamos desejar nascer. Quando nascemos de novo temos um novo corpo moral e espiritual; ficamos com a cara do Pai. Nascemos de novo quando recebemos a Jesus como Senhor e Salvador. Onde Jesus estava, ali estavam as crianças, sem medo de serem consideradas como seus discípulos.

2.2. Precisamos ser humildes como crianças inocentes (Mateus 18.4 -- "Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus").
Jesus usou a humildade das crianças para demonstrar a humildade necessária para se entrar no Reino dos céus. Alguém dirá que as crianças também se gabam. Sim, elas se gabam porque também são pecadoras; elas se gabam imitando seus pais ou pessoas próximas.
No entanto -- e é isto que Jesus quis que reconhecemos -- a humildade das crianças não advém de uma declaração que façam, mas de sua própria condição de fragilidade. As crianças são naturalmente fracas. Reconheçam-no ou não: elas são frágeis. Não são capazes de sair, por si mesmas, de situações difíceis. Não são capazes de produzir seu próprio pão. A condição humana está perto da criança; não aprendeu ainda a pôr a mascara da perfeição. (Quando aprende, deixa de ser criança; perde a inocência).
Como são naturalmente fracas, as crianças se deixam alimentar. Por isto, pedem e esperam.
Como são naturalmente fracas, as crianças se deixam ensinar. É por isto que perguntam tanto... Adultos querem ensinar; crianças se deixam ensinar. Crianças são naturalmente alunas. Elas não sabem ainda o que é a vida; por isto, se deixam ensinar. Como as crianças, deixemo-nos ensinar por Jesus Cristo (por meio da igreja). O processo é claro: quem nasceu de novo precisa aprender. E precisamos continuar aprendendo com Jesus. Há muitos mestres a nos ensinar; ouçamos a todos, mas comparemos estes ensinos com os de Jesus. São os dEles que nos fazem felizes.

2.3. Precisamos louvar, como as crianças (Mateus 21.16-- "Sim, vocês nunca leram: `Dos lábios das crianças e dos recém-nascidos suscitaste louvor’"?). Jesus cita o Salmo 8, que diz
"Dos lábios das crianças e dos recém-nascidos firmaste o teu nome como fortaleza".
Com as crianças aprendemos:
. O louvor não é uma técnica; antes, é a linguagem do Espírito Santo que flui através de nós. Este é o perfeito louvor, que não excluihttp://www.blogger.com/img/blank.gif o treino, mas o treino é secundário (primária é a atitude, própria de quem deixa o Espírito Santo fluir na sua vida.). O louvor é o poema de Deus se expressando por nosso intermédio; apenas declamamos o poema que o Espírito Santo compõe.
. O louvor nasce da dependência de Deus. As crianças (especialmente as de peito) relaxam quando são alimentadas. Devemos cantar como elas cantam, como os pássaros, que cantam quando são alimentados. Quando relaxam as crianças (ou cantam os pássaros), estão se alegrando na dependência de Deus.
. O louvor, por isto mesmo, é sempre uma ação de graças. Não louvamos para ensinar a Deus ou ao crente, louvamos para agradecer a Deus. Não louvamos para pedir algo a Deus; louvamos para dar graças a Deus. Não louvamos para ser abençoados; louvamos porque somos abençoados e, abençoados, reconhecemos que foi Deus quem fez e, reconhecendo, cantamos.

Carlos Daniel - http://www.prazerdapalavra.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=668:no-reino-de-deus-como-as-crians-mateus-18-19-e-21&catid=1329:mensagens-tematicas

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

... caminhando e bem feliz hihihi muitooo feliz.


Romanos 8:28 “SABEMOS que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.”
Como eu amo o meu Deus.
Um ano de muitos frutos de "obediencia".
Deus não nos dá o que queremos mas o que precisamos.

Tem 1 visão? Não desista, continue correndo. A dor do esforço e da perseverança é sempre menor que a dor do desapontamento e da desistência.
Pr Marcelo de Souza

domingo, 9 de outubro de 2011

Joel 2: 12-30

Agora, porém”, declara o Senhor, “voltem-se para mim de todo o coração, com jejum, lamento e pranto.”
Rasguem o coração, e não as vestes. Voltem-se para o Senhor, o seu Deus, pois ele é misericordioso e compassivo, muito paciente e cheio de amor; arrepende-se, e não envia a desgraça.
Talvez ele volte atrás, arrependa-se, e ao passar deixe uma bênção. Assim vocês poderão fazer ofertas de cereal e ofertas derramadas para o Senhor, o seu Deus.
Toquem a trombeta em Sião, decretem jejum santo, convoquem uma assembléia sagrada.
Reúnam o povo, consagrem a assembléia; ajuntem os anciãos, reúnam as crianças, mesmo as que mamam no peito. Até os recém-casados devem deixar os seus aposentos.
Que os sacerdotes, que ministram perante o Senhor, chorem entre o pórtico do templo e o altar, orando: “Poupa o teu povo, Senhor. Não faças da tua herança objeto de zombaria e de chacota entre as nações. Por que se haveria de dizer entre os povos: “Onde está o Deus deles?””
Então o Senhor mostrou zelo por sua terra e teve piedade do seu povo.
O Senhor respondeu[5] ao seu povo: Estou lhes enviando trigo, vinho novo e azeite, o bastante para satisfazê-los plenamente; nunca mais farei de vocês objeto de zombaria para as nações.
“Levarei o invasor que vem do norte para longe de vocês, empurrando-o para uma terra seca e estéril, a vanguarda para o mar oriental[6]e a retaguarda para o mar ocidental[7]. E a sua podridão subirá; o seu mau cheiro se espalhará”. Ele tem feito coisas grandiosas!
Não tenha medo, ó terra; regozije-se e alegre-se. O Senhor tem feito coisas grandiosas!
Não tenham medo, animais do campo, pois as pastagens estão ficando verdes. As árvores estão dando os seus frutos; a figueira e a videiraestão carregadas.
Ó povo de Sião, alegre-se e regozije-se no Senhor, o seu Deus, pois ele lhe dá as chuvas de outono, conforme a sua justiça[8]. Ele lhe envia muitas chuvas, as de outono e as de primavera, como antes fazia.
As eiras ficarão cheias de trigo; os tonéis transbordarão de vinho novo e de azeite.
Vou compensá-los pelos anos de colheitas que os gafanhotos destruíram: o gafanhoto peregrino, o gafanhoto devastador, o gafanhoto devorador e o gafanhoto cortador, o meu grande exército que enviei contra vocês.
Vocês comerão até ficarem satisfeitos, e louvarão o nome do Senhor, o seu Deus, que fez maravilhas em favor de vocês; nunca mais o meu povo será humilhado.
Então vocês saberão que eu estou no meio de Israel. Eu sou o Senhor, o seu Deus, e não há nenhum outro; nunca mais o meu povo será humilhado.
E, depois disso, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os velhos terão sonhos, os jovens terão visões.
Até sobre os servos e as servas derramarei do meu Espírito naqueles dias.
Mostrarei maravilhas no céu e na terra: sangue, fogo e nuvens de fumaça.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Jesus Cristo Mudou Meu Viver - Som Maior - 1980




Jesus Cristo mudou meu viver
Jesus Cristo mudou meu viver
É a luz que ilumina meu ser
Sim, Jesus Cristo mudou meu viver

Diferente hoje é o meu coração
Diferente hoje é o meu coração
Cristo deu-me paz e perdão
Sim, diferente hoje é o meu coração

O amor só conhecia em canções
Que falavam de ilusões
Mas tudo agora é diferente,
Cristo fala com a gente
Pois Cristo deu-me seu amor

Jesus Cristo mudou meu viver
Jesus Cristo mudou meu viver
É a luz que ilumina meu ser
Sim, Jesus Cristo mudou
Ele mudou meu viver

O amor só conhecia em canções
Que falavam de ilusões
Mas tudo agora é diferente,
Cristo fala com a gente
Pois Cristo deu-me seu amor

Diferente hoje é o meu coração
Diferente hoje é o meu coração
Cristo deu-me paz e perdão
Sim, diferente hoje é o meu coração

Jesus Cristo mudou meu viver...

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Porque Te amo



Eu não quero estar aqui
Por obrigação
Eu não quero estar aqui
Por religião
Eu só quero estar aqui
Porque Te amo

Eu não quero estar aqui
Pra fazer uma canção
Eu não quero estar aqui
Pra pedir algo de Tuas mãos
Eu só quero estar aqui
Porque Te amo

Porque te amo
Eu paro todas as coisas
Porque te amo
Me prostro diante de ti
Porque te amo
Escolho a boa parte
Que é estar aqui
Que é Te adorar, Senhor
Que é Te ouvir
Que é estar aqui
Porque te amo

Porque Te amo - Diante do Trono

Livra-me, Jesus,



do desejo de ser estimado,
do desejo de ser amado,
do desejo de ser exaltado,
do desejo de ser honrado,
do desejo de ser preferido a outros,
do desejo de ser consultado,
do desejo de ser aprovado,

do medo de ser humilhado,
do medo de ser desprezado,
do medo de ser repreendido,
do medo de ser esquecido,
do medo de ser ridicularizado,
do medo de ser prejudicado,
do medo de ser alvo de suspeitas.

E, Jesus, concede-me a graça de desejar
que outros possam ser mais amados do que eu,
que outros possam ser mais estimados do que eu,
que na opinião do mundo
outros possam crescer e eu diminuir,
que outros possam ser escolhidos e eu posto de parte,
que outros possam ser louvados
e eu passe despercebido,
que outros possam ser preferidos a mim em tudo,

que outros possam tornar-se mais santos do que eu,
contanto que eu me torne tão santo, quanto devo ser”.

Anônimo

http://www.pelamanha.com/post/10929218364/o-jesus-manso-e-humilde-de-coracao-ouve-me

domingo, 2 de outubro de 2011

Efésios 4




Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados,
Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,
Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.
Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.
Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.
Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.
Ora, isto-ele subiu-que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?
Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.
E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,
Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.
E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.
Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.
Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
E vos renoveis no espírito da vossa mente;
E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.
Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
Não deis lugar ao diabo.
Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.
Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.